Um dia de final no Bruno José Daniel

por Fernanda de Lima
0 comente
Estádio Bruno José Daniel | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

Fui ao Bruno José Daniel, em Santo André. Localizado no ABC Paulista, esse simpático estádio é de 1969

O dia de final no Estádio Bruno José Daniel, em Santo André, região do ABC Paulista, começou cedo e até mesmo antes do dia do jogo. Comprei os ingressos para a final do Campeonato Paulista da Série A2 de 2019, entre Santo André e Inter de Limeira, antecipadamente pela internet para não correr o risco de ficar de fora de uma final de A2 que seria inédita para mim, assim como o próprio estádio andreense.

No dia do jogo, feriado de Primeiro de Maio, combinei de encontrar com o Anderson Goiano, do Viagem Futebol Clube, nas proximidades do estádio, eu iria de carro e ele de metrô e Uber, ambos saindo de São Paulo. Cheguei com 30 minutos de antecedência e a fila para entrar no Estádio Bruno José Daniel já estava consideravelmente extensa. Encontrei com o Anderson e fomos direto para a fila, mas conseguimos entrar apenas quando o jogo já tinha começado. O Anderson, que não teve problemas em alguns outros estádios e arenas, acabou levando seu monopod para a final e não conseguiu passar pela revista, então teve de buscar um lugar para deixar o equipamento e deixou com um vendedor ambulante após comprar uma cerveja.

Estádio Bruno José Daniel | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

Esta é uma recomendação muito importante e que eu sempre digo: nunca vá a um estádio com qualquer objeto que em algum momento possa ser utilizado como arma. Claro que a ideia de utilizar qualquer objeto como arma pode não passar pela sua cabeça, mas é impossível impedir que isso aconteça com outras pessoas.

Apesar da desorganização na entrada, o entorno do estádio estava supertranquilo, com um clima amistoso e agradável para qualquer torcedor ou visitante. Vale ressaltar que todo o entorno do estádio me pareceu uma região bastante agradável também, razoavelmente movimentada e de fácil acesso, a Estação Estádio está localizada a poucos metros do Portão A do Bruno José Daniel.

Estádio Bruno José Daniel | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

Como chegar ao Estádio Bruno José Daniel

Estádio Bruno José Daniel – Rua Vinte e Quatro de Maio – Vila América, Santo André
Telefone de contato:  (11) 4425-6960

Estas são as linhas e rotas que param próximas ao Estádio Municipal Bruno José Daniel:

Confira a melhor rota de transporte público a partir do seu destino acessando este link aqui.

Foi muito fácil chegar ao estádio de carro e se eu tivesse chegado um pouco mais cedo, teria conseguido até mesmo estacionar na rua, com os flanelinhas, é claro, mas nenhum estádio está livre disso. Deixei o carro em um estacionamento a 800 m, por R$ 20, preço único, comparado a outros preços de estacionamentos próximos a estádios em dias de jogos, baratíssimo!

O estádio

O Estádio Municipal Bruno José Daniel foi inaugurado em 15 de novembro de 1969, primeiramente com uma pista de atletismo, e no dia 14 de dezembro daquele ano, enfim, com futebol. O jogo de abertura não foi um jogo oficial, mas sim um amistoso entre Santo André e Palmeiras, em que o time da capital venceu por 4 a 0. Seguindo a tradição de estádios do ABC, o de Santo André é uma homenagem a um político da região também. Bruno José Daniel foi vereador do município entre 1952 e 1964 e chegou a exercer o cargo de prefeito de Santo André em duas ocasiões. O político faleceu um mês depois da inauguração do estádio.

Estádio Bruno José Daniel | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

O Brunão, como também é conhecido, é um estádio municipal e tem como mandante seu único representante no futebol profissional, o Santo André. Não posso afirmar sobre o setor de visitantes, mas aparentemente de qualquer lugar nas arquibancadas se tem uma boa visão do campo de jogo. Um detalhe especial para quem curte arquibancada de concreto é que o Brunão está bem servido delas e a proximidade com o gramado, mesmo para quem está no último lance, é excelente. As arquibancadas ficam situadas apenas nas laterais do campo, ou seja, sem estruturas construídas atrás de ambos os gols. Outro ponto mais do que positivo para mim vai para o banheiro, que, pelo menos o feminino, estava bem limpo.

Muito se fala sobre uma reforma inacabada no Brunão, que começou em 2011, com demolição de uma parte coberta da arquibancada e retirada de cadeiras que nunca reapareceram. Essa obra fez com que o Santo André tivesse de mandar seus jogos em outras cidades, o que, dentre outros motivos, contribuiu para a queda do clube para a segunda divisão do futebol paulista. Entre paralisações, retomada do futebol vez ou outra, o estádio foi reinaugurado oficialmente em 2016.

Estádio Bruno José Daniel | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

A final, além do jogo

Voltando ao estádio em dia de final, foi muito bacana acompanhar a conquista do Santo André e ver as arquibancadas lotadas. Tive de lutar por um lugarzinho para acompanhar o jogo, porque diferentemente das arenas, num estádio em que a arquibancada de concreto é a principal estrela, sentar e lugar marcado são luxos desnecessários. Foram 90 minutos de jogo com todo mundo de pé e com olhos vidrados no jogo. O único lugar vazio – e com sombra – era o corredor de acesso às arquibancadas e aos banheiros e por onde entramos no estádio também. Quando o sol começou a pegar um pouco mais forte, este espaço foi refúgio para muita gente.

Apesar de ter ficado num setor mais dominado pelo público masculino, quando fui ao banheiro encontrei com algumas meninas da torcida organizada Fúria Andreense, superengajadas em levar as mulheres para os estádios e também em diversas ações sociais, como entrega de sopas para moradores de rua e campanhas de Dia das Crianças. Um trecho dessa entrevista com elas está no vídeo sobre o Bruno José Daniel no YouTube (e na íntegra no Instagram):

Para quem gosta de curiosidades e números, o recorde de público do Bruno José Daniel é de uma partida entre Santo André e Corinthians, um 0 x 0 que levou 21 mil pessoas ao estádio em setembro de 1983.

Naquele Primeiro de Maio de 2019, o jogo terminou Santo André 3 x 1 Inter de Limeira, garantindo o Santo André na elite do futebol paulista em 2020. Este ano, o Santo André teve novamente de buscar outra casa para realizar seus treinamentos, dessa vez por um motivo muito mais complicado do que uma reforma. O Estádio Bruno José Daniel foi transformado num hospital de campanha para atender pacientes decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

CONFIRA TAMBÉM: O estádio mais antigo do Brasil está em Paranapiacaba, no distrito de Santo André

Não que eu precise de motivo, mas acho que visitar um estádio em dia de jogo é sempre um motivo para voltar em outros dias, sem jogo, para conseguir explorar cada canto. Senti falta de conhecer a Arquibancada Oeste, por exemplo, mas em compensação, o “lado de cá” me proporcionou uma bela visão da estrutura do “lado de lá”, para mim, a mais bonita do estádio. Devo dizer também que o azul do Bruno José Daniel é de um tom muito bonito e que dá um charme especial ao estádio. E o mais impressionante é que todas estas fotos tirei no mesmo dia, é claro, e todas apresentam uma tonalidade diferente de azul, bem possivelmente influenciadas pela intensidade do sol, e ressalto isso porque elas possuem o mínimo de filtro possível. Eu realmente fiquei impressionada e apaixonada por isso.

Estádio Bruno José Daniel | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

Ingressos

Os setores do Estádio Bruno José Daniel são divididos em Arquibancada Leste, que é onde fica a torcida organizada, Arquibancada Oeste e Setor de Visitantes, que fica ao lado da Arquibancada Oeste. Quando eu fui à final, comprei ingresso para a Arquibancada Leste e, como eu disse anteriormente, tem uma visão bem legal do campo.

O preço dos ingressos varia de acordo com a competição, sendo entre R$ 40 (Campeonato Paulista) e R$ 20 (Copa Paulista), com opções de meia-entrada. As entradas para jogos do Santo André podem ser adquiridas no site da Total Ticket.

Tour

Estádio Bruno José Daniel | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

O tour ao Estádio Bruno José Daniel não é um tour nos moldes tradicionais, não tem guia ou roteiro, mas o estádio fica aberto para visitar a sala de imprensa e gramado. Com mudanças em diversos protocolos por conta da pandemia do novo coronavírus é bom entrar em contato para não perder a viagem. Eu liguei no número disponibilizado neste texto, no tópico como chegar, e não há previsão de reabertura em decorrência da pandemia.

 1,381 total views,  3 views today

Você pode gostar também

Deixe um comentário