Melhores estádios de São Paulo

Os melhores estádios para conhecer em São Paulo (com itinerário de transporte público!)

Destaques Roteiros Top Lists

181 total views, 2 views today

São Paulo talvez não seja o primeiro destino turístico quando pensamos em viajar pelo Brasil. A terra da garoa, que nos dias atuais tem mais dias de deserto do Saara do que tudo, repleta de prédios e uma arquitetura cinza é reconhecidamente um destino de negócios. Mas qualquer que seja a sua razão para visitar São Paulo, saiba que quando falamos de cultura futebolística, a cidade é prato cheio de grandes times, rivalidade e estádios.

CONFIRA TAMBÉM: Um dia em Vinhedo – 1 estádio e 5 coisas para fazer

Exposição Farol Santander | Foto: Guia dos Estádios

Então, é hora de começar a planejar sua viagem a uma das maiores cidades do mundo com este itinerário que vou compartilhar com vocês dos melhores estádios para conhecer em São Paulo!

Vou compartilhar um itinerário de cinco dias para seis dos principais estádios na cidade e, na minha opinião, os melhores para se conhecer em São Paulo. Como em toda cidade grande, o trânsito é um problema, assim, locomover-se por meio de transporte público é a melhor opção.

Antes de listar os melhores estádios para conhecer em São Paulo, aqui estão algumas dicas úteis!

Dicas profissionais para viagens em São Paulo:

  • Leia todos os meus textos e assista aos meus vídeos sobre os estádios paulistanos;
  • Se você vem de outra cidade ou país, saiba que o Aeroporto Internacional de Guarulhos fica fora da cidade e o de Congonhas fica na Zona Sul de São Paulo. Voos internacionais não têm opção e quase sempre pousam em Guarulhos. Já voos nacionais, geralmente operam em ambos os aeroportos, mas, se for possível escolher, recomendo que compre voos que pousem em Congonhas, a locomoção fica muito mais fácil;
  • Adquira o bilhete único para utilizar o transporte público com mais facilidade. Com este bilhete você pode utilizar ônibus, micro-ônibus, trens do Metrô e da CPTM e fazer baldeações em terminais e estações de transferência. O bilhete comum e sem foto pode ser adquirido por R$ 4,30 nos postos de venda e atendimento (veja aqui), com uma recarga mínima de R$ 21,50. Para efetuar a compra, basta apresentar um documento com foto. Com o bilhete único comum você pode fazer até quatro viagens em 3 horas;
  • Baixe o Mapa do Transporte Metropolitano aqui, você vai precisar dele para chegar a praticamente todos os estádios;
  • Em São Paulo, seja em shoppings ou no transporte público, nas escadas rolantes, sempre deixe a esquerda livre. Sempre;
  • Esteja preparado para mudanças climáticas drásticas. O clima vai de quente e ensolarado a frio e chuvoso em questão de minutos. Passe protetor solar e ande sempre com um casaco.

Dito tudo isso, vamos aos melhores estádios para conhecer em São Paulo e itinerário de viagem!

1. Melhores estádios para conhecer em São Paulo: Allianz Parque

Allianz Parque | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

Tenha em mente que este itinerário pode ser alterado de acordo com a sua disponibilidade ou chegada a São Paulo (caso você não seja da cidade). Você pode começar sua viagem por qualquer um dos estádios paulistanos, mas aqui vou simplificar a sequência por proximidade entre um e outro. Começando pelo Allianz Parque, o estádio do Palmeiras.

Tem bastante coisa interessante para ver e fazer no Allianz Parque, de comer no restaurante japonês do estádio a assistir a uma partida de futebol.

Jogos

Se for dia de jogo, vale a pena gastar um pouquinho e tentar ir, especialmente se para você essa pode ser a única oportunidade. Os ingressos para jogos no Allianz Parque podem ser adquiridos pelo site do FutebolCard, nas bilheterias do Allianz Parque da Av. Francisco Matarazzo, 1705 (Portão B), da Rua Palestra Itália, 214 (Portão A) e da Rua Padre Antônio Tomás (Portão C). Nestes dois últimos portões os ingressos, caso ainda estejam disponíveis, são vendidos apenas nos dias de jogos.

Os ingressos para os jogos do Palmeiras custam entre R$ 90 e R$ 230 com possibilidade de meia-entrada. Confira a tabela de preços de outubro de 2019:

  • Gol Sul PNE, Gol Norte, Cativas, PCR 4º Andar: R$ 90 inteira e R$ 45 meia-entrada
  • Superior Norte, Superior Sul: R$ 110 inteira e R$ 55 meia-entrada
  • Superior Leste, Superior Oeste: R$ 140 inteira e R$ 70 meia-entrada
  • Setor Sul, Setor Família: R$ 150 inteira e R$ 75 meia-entrada
  • Central Leste, Central Leste PNE: R$ 170 inteira e R$ 85 meia-entrada
  • Central Oeste PNE, Central Oeste: R$ 230 inteira e R$ 115 meia-entrada

Tour

O Allianz Parque também oferece um tour guiado pelas suas instalações, levando o torcedor e o turista para viver por dentro a arena alviverde. O roteiro do passeio, que dura cerca de 1h15min, passa pelos arcos do antigo Palestra Itália, arquibancadas, camarotes, Allianz Hall, sala de coletiva de imprensa, vestiário e, é claro, o campo. O ingresso custa R$ 60 inteira e R$ 30 meia-entrada durante a semana e R$ 77 inteira e R$ 38,50 meia-entrada aos finais de semana e feriados (preços de outubro de 2019). Para compras online acesse este link.

Restaurante japonês com vista pro campo

Almoçar ou jantar no Allianz Parque é uma experiência que vale a pena, não só pela vista para o campo – o restaurante fica num camarote do Allianz Parque – mas também pela comida. O restaurante é realmente muito bom. Compartilhei aqui como foi o meu almoço no Allianz Parque.

Como chegar

A estação de metrô e trem mais próxima do estádio e a melhor opção para se chegar até ele, principalmente em dias de jogos, é a estação PALMEIRAS-BARRA FUNDA, que conta com linhas de ônibus municipais e intermunicipais, as linhas de trem Rubi e Esmeralda da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – e a linha vermelha do Metrô. O Allianz Parque é um dos estádios mais acessíveis no que diz respeito a transporte na cidade de São Paulo. Para chegar até o estádio, caminha-se 1,6 km e não tem como não notar como o ambiente palestrino começa a tomar conta das ruas próximas ao estádio. Bares, muros, camisas, bandeiras. Em boa parte da Barra Funda só dá Palmeiras.

O Allianz Parque também é palco de grandes shows e eventos em São Paulo. Fique ligado na programação do estádio porque é bem provável que seu artista favorito passe pela casa alviverde em algum momento. Confira o calendário aqui.

2. Melhores estádios para conhecer em São Paulo: Nicolau Alayon

Nacional Atlético Clube | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

Saindo do Allianz Parque você pode dar um pulo – a pé mesmo – no estádio Nicolau Alayon, dentro do Nacional Atlético Clube. A distância entre o estádio do Palmeiras e o do Nacional é de 1,8 km. De quebra você ainda vai passar em frente à maior rivalidade de Centros de Treinamento do Brasil. Do outro lado da Av. Marquês de São Vicente estão os CTs de Palmeiras e São Paulo, divididos por um muro.

Particularmente, dos menores estádios de São Paulo, o Nicolau Alayon é o meu favorito e se pegar no fim de tarde ainda tem um pôr do sol espetacular. A mistura do clássico com o moderno é o grande trunfo deste estádio. De um lado, condomínios, e do outro, marquises de arquibancada à moda antiga.

O clube também é bem bacana, tem um boteco com cerveja gelada a preço justo e tá bom demais. Se quiser, pode pedir para conhecer a parte social do clube e ter uma visão posterior da estrutura da arquibancada. Para jogos, o ingresso custa R$ 20 (com opção de meia-entrada) e só é aceito dinheiro, nada de cartão como meio de pagamento. Então, vá prevenido. Vale dizer que o boteco, sim, aceita cartão.

3. Melhores estádios para conhecer em São Paulo: Pacaembu

Pacaembu | Foto: Guia dos Estádios

Saindo da Zona Oeste para a Zona Central de São Paulo, está o estádio do Pacaembu, o queridinho de todo paulistano e casa de todas as torcidas. Como São Paulo é uma cidade complicada para ir e vir em trajetos que durem menos de 1h, sugiro que volte ao Pacaembu num dia reservado só para ele, porque tem muita coisa para ver por lá. Se sua agenda permitir vá aos sábados de visitas educativas, assim você vai visitar áreas do estádio que não são abertas ao público. O passeio costuma sair entre 10h30 e 11h, quase sempre com esses dois horários disponíveis. A entrada para essa visita é garantida pelo ingresso do Museu do Futebol que custa R$ 15, com possibilidade de meia-entrada.

Como chegar

As estações Clínicas da linha verde do metrô e a Paulista da linha amarela são as melhores opções para chegar ao Pacaembu. Particularmente prefiro a segunda opção por passar por uma área mais movimentada e explorar o miolo do bairro, que é bem bonito.

Museu do Futebol

Mesmo sem as visitas educativas, o estádio do Pacaembu pode ser contemplado com a entrada no museu. Além dos fatos históricos, o museu visa à preservação e propagação do futebol em diversas vertentes que preservam o acervo sociocultural do esporte mais amado do País. Com a união do moderno ao clássico, o museu proporciona ao público eventos, debates e atividades interativas relacionadas ao futebol.

Cada sala é de uma riqueza sem tamanho. Por dois momentos, você vai ver o estádio do Pacaembu, uma vista do plano médio e outra na saída, em que é possível entrar no estádio pelo portão principal. Muitas vezes este portão fica aberto ao público que pode observar o mais tradicional estádio paulistano de forma gratuita. Mais sobre o Museu do Futebol aqui.

Café Futebol

O Flor Café é o café do Pacaembu e tem uma das minha sobremesas favoritas desde que provei, a Flor do Pacaembu, com chocolate e amarula.

Pastel e caldo de cana na Feira do Pacaembu

A Feira do Pacaembu é um clássico de São Paulo e acontece quatro dias na semana na Praça Charles Miller: terças, quintas, sextas e sábados.

4. Melhores estádios para conhecer em São Paulo: Arena Corinthians

Arena Corinthians | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

Partindo da Zona Central estamos na metade do caminho ou para a Zona Leste ou para a Zona Sul, zonas dos últimos estádios deste itinerário. Então, daqui escolho ir para a Zona Leste, que tem dois estádios distintos na lista.

Como chegar

No bairro de Itaquera, a Arena Corinthians fica a uma caminhada de 1,4 km da estação CORINTHIANS-ITAQUERA.

A Arena Corinthians foi uma grata surpresa para mim principalmente pelo fato de não se parecer em nada com o que vemos pela TV. Somente visitando o estádio é possível observar a grandeza e beleza dele. Os que acompanham os jogos na telinha e não veem graça na casa corintiana darão o braço a torcer quando pisarem os pés na imensidão alvinegra. Mais do que um estádio, a arena é um grande complexo multiuso e, quando digo “grande”, não estou exagerando. Para se ter uma ideia, o complexo possui 10 andares, paredes móveis e espaço para pelo menos quatro convenções acontecerem ao mesmo tempo.

Para tornar a experiência por lá inesquecível recomendo fazer o tour guiado e ser imerso no que eles chamam de “corintianismo” e assistir a um jogo para sentir a emoção do bando de loucos. O tour custa R$ 40 inteira e R$ 20 meia-entrada durante a semana e R$ 60 inteira e R$ 30 meia-entrada aos finais de semana e feriados. Os horários disponíveis para o tour começam a partir das 9h30. Para conferir a programação e comprar ingresso basta acessar este link.

Já os ingressos para os jogos do Corinthians são vendidos por este outro link, assim como na bilheteria do estádio. Mas principalmente quem vem de fora de São Paulo, melhor não arriscar comprar em cima da hora. O preço dos ingressos varia de setor para setor. De acordo com tabela de outubro de 2019:

  • Leste Superior Central: R$ 50
    Leste Inferior Lateral: R$ 60
    Leste Inferior Central: R$ 60
    Oeste Superior: R$ 80
    Oeste Corner: R$ 100
    Oeste Inferior: R$ 120

Todos com possibilidade de meia-entrada.

5. Melhores estádios para conhecer em São Paulo: Rua Javari

Rua Javari | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Estádios

Da estação Corinthians-Itaquera volte um pouco até a estação JUVENTUS-MOOCA e desça no bairro mais italiano de São Paulo e onde fica o estádio do Clube Atlético Juventus, a Rua Javari.

Se gosta de estádios à moda antiga, a Rua Javari tem que entrar neste roteiro, assim como o cannoli do seu Antônio, tradicional sobremesa italiana que faz parte da rotina juventina desde 1970.

No estádio acontecem tanto jogos do futebol feminino quanto do masculino. As entradas para as partidas femininas são gratuitas, já para as masculinas não ultrapassam R$ 20 (preço de 2018).

6. Melhores estádios para conhecer em São Paulo: Morumbi

Há alguns anos o Morumbi era um dos estádios de pior acesso de São Paulo. Na contramão de quase toda a cidade e sem estações de trem ou metrô por perto, ir ao estádio sempre foi uma tarefa muito difícil mesmo para o torcedor assíduo. Mas com a inauguração da estação SÃO PAULO-MORUMBI, seguindo a linha de nomes dos rivais, tudo ficou infinitamente mais fácil e agradável. Chega-se ao Morumbi pela linha 4 amarela do metrô e caminha-se 1,5 km até o estádio. Linha reta, sem erro.

O Morumbi oferece diversas possibilidades para quem quer conhecê-lo, vou listar algumas aqui e compartilhar os links com mais detalhes das que experienciei.

Restaurante árabe

Amani foi o primeiro restaurante de estádio em que almocei. De comida árabe, ele tem um preço muito justo, principalmente por ficar quase que aos pés do gramado do Morumbi. Confira aqui como foi almoçar no estádio do Morumbi.

Eventos e shows

Sempre acontece eventos nos espaços dos camarotes. Eu já participei de uma pizzada beneficente da Fundação Cafu por lá. Na época, a entrada foi R$ 150 e valeu mais pela ação solidária do que pela pizza. Vale ficar atento no que rola no estádio se quiser explorar o Morumbi de diversas formas.

Há pouco tempo o Morumbi passou a dividir os grandes shows em São Paulo com o Allianz Parque, porque antes da arena palmeirense, o tricolor era o rei nesse quesito. Dois dos melhores shows da minha vida foram lá, inclusive. Coldplay e Bon Jovi. Fique ligado na programação do estádio aqui.

Academia

O Morumbi tem uma academia dentro dele, uma unidade da Cia. Athletica, com diversas modalidades. São lutas, pilates, musculação e aulas variadas de frente para o campo.

Corrida e meditação

Essa foi a experiência – além do convencional – mais legal que tive num estádio de futebol. Por meio da Cia. Athletica fiz uma aula de corrida e meditação no Morumbi. Com os passes diários e avulsos qualquer um pode ter acesso à programação da academia. O passe custa R$ 193. Saiba mais sobre como foi correr e meditar no Morumbi aqui.

Tour

O Tour do Morumbi é comercializado pelo Passaporte FC e custa R$ 50 inteira e R$ 25 meia-entrada. A visita acontece todos os dias, no entanto, em dias de jogos – assim como em todo estádio – ela pode não acontecer ou ter horários reduzidos. Os horários de segunda a sexta-feira são 10h, 12h, 14h e 16h; aos sábados, domingos e feriados, são 10h, 11h, 12h, 13h, 14h, 15h e 16h. Os ingressos podem ser adquiridos aqui.

Jogos

Os ingressos para os jogos do São Paulo são vendidos pela Total Acesso e os preços de outubro de 2019 são:

Arquibancadas (SUPERIOR)

  • Azul, Amarela, Laranja, Vermelha e Visitante: R$ 40 inteira e R$ 20 meia-entrada

Cadeiras (INTERMEDIÁRIO)

  • Cativa (para proprietários): R$ 40
  • Amarela, Laranja e Laranja Premium: R$ 70 inteira e R$ 35 meia-entrada
  • Especial Azul e Vermelha: R$ 100 inteira e R$ 50 meia-entrada
  • Setor Soberano: R$ 150 inteira e R$ 50 meia-entrada

Cadeiras (TÉRREO)

  • Térrea P02, P04 e P17: R$ 70 inteira e R$ 35 meia-entrada
  • Setor PNE (acompanhante): R$ 40 inteira e R$ 20 meia-entrada

Fica a minha sugestão: se quer ter uma visão privilegiada e total do Morumbi – o que vale completamente a pena – vá de arquibancada. As cadeiras, apesar de serem mais confortáveis, limitam muito a visão para o estádio.

Então o roteiro Guia dos Estádios para conhecer os melhores estádios de São Paulo ficou assim:

  • Dia 1 – Allianz Parque e Nicolau Alayon;
  • Dia 2 – Pacaembu e Museu do Futebol;
  • Dia 3 – Arena Corinthians;
  • Dia 4 – Rua Javari;
  • Dia 5 – Morumbi.

O que acham? Belo roteiro para conhecer São Paulo por meio de seus estádios, não?! Qualquer dúvida é só me perguntar que tentarei responder.

Extra

Hospedagem

Um alemão caçador de estádios veio para São Paulo em outubro deste ano e me pediu recomendações de bairros para se hospedar na cidade. Além de muitas dessas informações que passei aqui, sugeri que ele se hospedasse em Moema pelas seguintes razões:

1 – Bairro agradável e próximo ao Parque Ibirapuera, um dos cartões postais de São Paulo;

2 – Fácil acesso ao metrô e consequentemente ida facilitada aos estádios;

3 – Bares e restaurantes para todos os gostos e bolsos.

Aqui selecionei uma busca por hospedagens com valores a partir de R$ 900 para cinco dias e duas pessoas.

Se este post foi útil para você, deixe-me um comentário e tenha em mente que o compartilhamento é atencioso! Seus pontos de vista e seguintes são como eu posso continuar fornecendo informações gratuitamente! <3

Facebook Comments
Compartilhe:
Fernanda de Lima

Jornalista. Especializada em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte e estudante de Educação Física. Hoje, escrevo sobre turismo e estádios no Guia dos Estádios. Vem comigo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *